Senescal Pharaun Coloara - Swordhar de Voonlar

Description:

Aparência:
É um Revenant, com a pele cor de marfim…albina. Seus cabelos curtos e negros,como ébano. Olhos vermelhos e inquietos. Na sua vida passada foi um Drow Albino

Tem o corpo magro, razoavelmente saudavel, porem é extremamente agil. Tem um raciocionio rapido e um bom senso que não é comum para um jovem de sua idade. Sua aparencia exotica, é uma presença chamativa, tanto pela beleza diferente ou para alguns, algo sinistro.
Depois que foi trazido de volta dos mortos, depois da batalha contra o aspecto de Tiamat, através de rituais negros Banitas, algo pertubador emana de Pharaun…

Personalidade:
Pharaun é reservado, educado, sarcástico, gosta de analisar os estranhos. Bastante cruel com os inimigos.
Se sente a vontade entre energias necroticas e criaturas mortas vivas
Odeia deboches e pensa muito antes de falar.

Objetivos:
Pharaun, mais do que nunca deseja saber mais sobre o seu passado. Quem foram seus pais, quem é a deusa drow que a sua mãe venerava?

O Drow Albino deseja o conhecimento maior das trevas que o cercam. Ele não quer ser dominado por elas e sim doma-las e usa-las a seu bel prazer. Mas qual o preço a pagar pelo seu poder de Warlock, concedido pelas trevas do Shadowfell na antiga fortaleza? E com a sua nova fonte de poder?

Aventurando-se, Pharaun conhece novos lugares e pessoas. Ao filiar-se ao sindicato Horizon, busca ter uma posicao politica importante, assim como muitos lucros, visando financiar suas pesquisas.

É famoso em boa parte de reinos – principalmente após seus feitos na batalha do Vale da Adaga.
É conhecido como a “Morte Albina”, ladrão de almas…

Crenças:

Acredita que tudo pode ser negociado – “nada negociável é caro”

Acredita que os seus “amigos” são úteis, assim como os “peões” no xadrez, são úteis ao seu
rei.

Acredita que Beshaba e Tymora são suas deusas protetoras e que um dia voltarão a ser uma só
de novo.

Acha que a transformação em revenant e vampiro foram maldições e tenta se tornar vivo de novo.

Instinto:
Sempre que luta contra dragões cromáticos, Pharun fica traumatizado (-2 de penal no ataque e no dano) (devido ao incidente com Tiamat)

Bio:

História:
Pharaun nasceu em 1379, em Maerimydra. Lembra pouco de sua infância. Vagas lembraças de sua mãe, uma poderosa clériga de uma deusa drow há muito esquecida. Não tem memórias de seu pai.
Sobreviveu à praga da magia.

Foi criado por cultistas da deusa, até um ataque de drows de Loth. Foi capturado e ia ser vendido como raridade, por ser albino. Mas o comandante da operação escravagista drow acabou se revelando um ser misterioso e matou os drows beijadores de aranha. E levou Pharaun para a fortaleza de shadowfell, em cormyr.

Nesse periodo da sua vida, Pharaun morou com os drows da superficie, sendo um menino de recados e faixineiro. Foi treinado para ser guerreiro, mas era fraco. Porem, por ser bastante carismatico, convenceu os arcanos a pega-lo como aprendiz.
Anos mais tarde, ja adoslecente, Pharaun, juntamente com seus companheiros drows, foram atacados por eladrins e elfos, sendo massacrados. Não fizeram prisioneiros. Uma elfa ranger, ajudou os atacantes, pois conhecia muito das defesas drows, pois era mercenaria e tinha “amizade” com estes drows. Ela chegou a oferecer ajuda a Pharaun, pois queria lucrar com ele. Pharaun recusou e fugiu para o interior da fortaleza, onde encontrou um poço negro…onde ouviu um chamado… Depois disso, Pharaun não lembra de mais nada. Mais tarde, a fortaleza vazia e cheia de corpos, Pharaun looteou o que podia da fortaleza e resolveu ir para Waterdeep, onde poderia ter mais chanches de ser aceito. Chegando la, arrumou confusoes com uma gangue, mas o seu protetor misterioso surgiu novamente, o ajudando. E este ser o iniciou nas artes negras do Warlock. A partir dai, Pharaun ficou um tempo como mercenario. E certo dia…ao aparecer numa taverna nas Ilhas Nelhanter, sem saber como, sua vida mudou completamente….

Em uma das suas aventuras, foi morto por um avatar da Deusa Tiamat. Ao ser trazido de volta, foi transformado em um revenant, através de um ritual secreto.
Atualmente, faz parte dos Harpistas da Glória Esquecida e é um nobre de Voonlar.

Encontro com Severin, O Cavaleiro Negro.

Severin salvou Pharaun de Iraclea(mãe de Pharaun). Ela acha que Pharaun é o veiculo para o grande evento (Ressureição de Kiaransalee).

Pharaun se dirigiu à Maeremydra, na tentativa de encontrar o grupo que Ieragon mandou para buscar Severin e a mãe dele. Como Maeremydra está muito agitada, devido aos moradores atuais e a reunião dos drows com os Zentharims, este grupo está em dificuldades e não conseguiu fazer grandes progressos. Prevendo isso, Ieragon mandou Pharaun. Pharaun se meteu em encrencas por causa da sua herança. O Severin apareceu em boa hora e acabou com vários drows, junto o Pharaun. Severin ouviu um rumor que a mãe dele não está mais em Maeremydra, e que teria noticias dela em Porto de Luz. Ao mesmo tempo, Ieragon convocou Pharaun para a missão em Porto de Luz.

Senescal Pharaun Coloara - Swordhar de Voonlar

Luz e Sombra thiagotogbr Ieragon