Vila de Manto de Neve

População 2000 habitantes (humanos, feys, humanóides monstruosos)

Líderes: Arquidruida Valigar de Silvanus e Xamã Namira, Profeta de Silvanus

Cidade onde a natureza e as fadas do Feywild têm uma presença muito forte. Era um antigo posto Zhentarim madereiro. Graças a ação de um druida meio-elfo chamado Lanseril Manto de Neve e de um grupo de aventureiros (os quais participavam Ieragon, Nightwolf, Mister Grito, Tenry e Wilton de Tempus), um elemental da natureza foi convocado e destruiu a cidade, transformando-a numa grande floresta. Os Elfos Perdidos da Floresta da Borda, são vistos com mais frequencia nestes 100 anos, graças a influencia druídica de Valigar e Namira.

É uma das poucas vilas de Faerun onde existe a operação de extração de recursos naturais sem destruição da floresta, graças aos esforços de Valigar, Namira e seus druidas e graças a um acordo com os Elfos Perdidos.

Valigar ajuda os colonos que tem algums fazendas próximas a Manto de Neve e os fazendeiros de todos os vales.

Muito habitantes de Manto de Neve são de Rashemen, no Oriente Distante. Valigar ainda mantem os seus laços com a sua antiga terra. Inclusive há um conclave pequeno das temidas bruxas Hatran de Rashemen.

Recentemente, graças as ações de Namira e Valigar, Manto de Neve deixou de ser uma cidade estado sob influência de Voonlar e agora segue o seu próprio caminho, como um animal que há muito estava enjaulado e ganhou a liberdade. Valigar também abdicou de seu posto de Conselheiro Honorário de Voonlar.

O Dragão verde, Rainlinfaxx, resolveu permanecer em Manto de Neve e não abandonar o seu covil.

Vila de Manto de Neve

Luz e Sombra thiagotogbr Ieragon